Ranking: Julho 2017

Elo Jul. 2017 ++ No xadrez, os jogadores são ordenados num ranking internacional mensal de acordo com o seu elo. O elo é um sistema de classificação, meramente indicativo, da força de jogo do xadrezista num determinado momento que varia de acordo com os resultados obtidos nas partidas que jogou no mês anterior.

Em princípio, quanto maior o elo, mais forte será o jogador. Para comparação, em traços muito largos, um iniciante terá menos de 1500 pontos, os jogadores experientes oscilarão entre os 1800 e os 2000, e os bons xadrezistas têm mais de 2100.

A Federação Portuguesa de Xadrez atribui a um jogador que esteja em actividade seis meses consecutivos com pontuação superior a 2200 pontos o título vitalício de Mestre Nacional. Desde a sua fundação e até 2016, a FPX reconheceu ou atribuiu este título 152 vezes - ver lista dos MN aqui. A Federação Internacional de Xadrez (FIDE) atribui, em determinadas condições, os títulos de Mestre FIDE (mínimo de 2300 pontos, além do mais), Mestre Internacional (mínimo de 2400 pontos, além das normas) e de Grande Mestre (mínimo de 2500 pontos, além das normas). (Lista de xadrezistas portugueses titulados pela FIDE aqui) A elite mundial ronda os 2700 pontos, mas há programas informáticos com classificação superior.

Há três listas de elo:

  • Partidas Lentas (jogos em que cada jogador tem pelo menos 60 minutos disponíveis) - download
  • Partidas Semi-Rápidas (de 10 a 60 minutos por jogador)
  • Partidas Rápidas (menos de 10 minutos por jogador)

Lentas

Para as Torres classificadas no ranking internacional, o Verão chega assim:

#TorreMuralhaElo
1  Mariela  al-Andalus (Sevilha) 2101 
2 Javier al-Andalus (Ayamonte) 2021
3 Botelho Sotavento (Faro) 2004
4 Kai Loulé (Alte) 1984
5 Christian Barlavento (Lagos) 1980
6 Oliver al-Andalus (VN Castillejos) 1921
7 Tiago Loulé (S. Clemente) 1903
8 Prata Barlavento (Portimão) 1895
9 Vítor Loulé (S. Sebastião) 1755
10 Amarildo Loulé (Alte) 1503
11 Marcos Sotavento (Faro) 1498
12 Bruno Loulé (Alte) 1464
13 António Loulé (Salir) 1389
14 Cláudia Loulé (S. Clemente) 1273

Semi-Rápidas

#TorreMuralhaElo
1  Mariela  al-Andalus (Sevilha) 2167 
2 Botelho Sotavento (Faro) 2058
3 Christian Barlavento (Lagos) 1985
4 Kai Loulé (Alte) 1976
5 Prata Barlavento (Portimão) 1967
6 Tiago Loulé (S. Clemente) 1912
7 Oliver al-Andalus (VN Castillejos) 1905
8 Javier al-Andalus (Ayamonte) 1897
9 Vítor Loulé (S. Sebastião) 1807
10 Bruno Loulé (Alte) 1472
11 Amarildo Loulé (Alte) 1445
12 Marcos Sotavento (Faro) 1359
13 António Loulé (Salir) 1348
14 Cláudia Loulé (S. Clemente) 1268

Rápidas

#TorreMuralhaElo
1  Mariela  al-Andalus (Sevilha) 2164 
2 Javier al-Andalus (Ayamonte) 2031
3 Prata Barlavento (Portimão) 2001
4 Botelho Sotavento (Faro) 1978
5 Tiago Loulé (S. Clemente) 1948
6 Oliver al-Andalus (VN Castillejos) 1908
7 Alexander Barlavento (Porches) 1767
8 Vítor Loulé (S. Sebastião) 1760
9 André Barlavento (Albufeira) 1623
10 Marcos Sotavento (Faro) 1604
11 Bruno Loulé (Alte) 1482
12 Amarildo Loulé (Alte) 1447
13 Diogo Silva Loulé (S. Sebastião) 1406
14 Cláudia Loulé (S. Clemente) 1247

Mais informações podem ser obtidas a partir da página de apresentação dos nosso jogadores (carregando na fotografia pretendida), sendo recomendável a utilização do Google Chrome (o Internet Explorar nem sempre permite a ligação directa ao site da FIDE)

Comments are closed.